Obras por toda a Bahia 2020
Em cima da hora:
População detém suspeito de roubar menor no Centro de São Carlos, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • São Paulo segue com nove rádios acima dos 100 mil ouvintes por minuto

    Faixa comercial vê crescimento na maioria dos índices das FMs


    São Paulo segue com nove rádios acima dos 100 mil ouvintes por minuto
    Foto: Ilustração

    Conforme noticiado na última segunda-feira (8) pelo Tudo Rádio o meio FM da Grande São Paulo apresentou mais uma alta nas médias de audiência da maioria das estações paulistanas. Os avanços mantiveram nove rádios acima dos 100 mil ouvintes por minuto na faixa comercial (07-19h, segunda à sexta-feira) e mais três rádios voltaram a superar a marca de 80 mil ouvintes por minuto nesse período. A alta também elevou o “teto” da pesquisa nos principais períodos da medição, com a líder se aproximando dos 300 mil ouvintes por minuto. Acompanhe o panorama parcial referente a pesquisa do Instituto Ibope, trimestre junho a agosto de 2014:

    Nove estações em FM na Grande São Paulo estão com índices que superam a marca de 100 mil ouvintes por minuto na faixa comercial, compreendida de segunda à sexta-feira (conhecida como faixa nobre do rádio brasileiro). Essa situação não é exclusividade das chamadas “rádios populares”, tendo lideres de segmentos registrando essas marcas expressivas. Vida FM 96.5 (líder no gênero gospel), Alpha FM 101.7 (líder no segmento adulto-contemporâneo) e Mix FM 106.3 (líder no jovem/pop) estão entre as estações de maior audiência média no ranking comercial da Grande São Paulo, assim como a Top FM 104.1, Gazeta FM 88.1 e 105 FM 105.1.

    A alta também jogou três rádios para cima dos 80 mil ouvintes por minuto nesse período, são elas: Metropolitana FM 98.5, 89 A Rádio Rock FM 89.1 e Nova Brasil FM 89.7. Isso representa índices superiores às médias registradas por essas rádios nos últimos meses. O meio paulistano possuí mais três FMs acima dos 60 mil ouvintes por minuto na faixa comercial: Antena 1 FM 94.7, Kiss FM 102.1 e Imprensa FM 102.5, rádios que também estão em alta na comparação com os resultados anteriores medidos pelo Instituto Ibope.

    Alto nível: As três primeiras colocadas na maioria dos períodos da medição geraram uma disputa em alto nível pelo topo do ranking. Band FM 96.1, Nativa FM 95.3 e Transcontinental FM 104.7 registraram médias superiores a 260 mil ouvintes por minuto, com a líder se aproximando dos 300 mil. Em resumo o rádio de São Paulo não está definindo a primeira colocada devido à possíveis oscilações negativas, mas sim pelo avanço das concorrentes. Ganha posição quem cresce mais e não quem tem registrado uma retração menor. Essa situação também foi vista na “briga” entre Vida FM, Alpha FM e 105 FM no “top 10”, com as três FMs apresentando melhoras em seus índices.

    Crescimento pode estar no fim: Tradicionalmente o rádio brasileiro costuma registrar queda de audiência quando a pesquisa começa a cobrir a presença do período eleitoral nas emissoras. Hoje as estações convivem com 100 minutos diários de propaganda eleitoral obrigatória, além das inserções dos candidatos/partidos que “incham” o tempo dos intervalos comerciais. A tendência é de que as rádios apresentem oscilações negativas em seus índices até o início de 2015, porém o investimento em ações e na programação visto em boa parte das emissoras de São Paulo podem diminuir ou impedir essa tendência de queda durante o período eleitoral.

    Fonte: Tudo Radio



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia