Obras por toda a Bahia 2020
Em cima da hora:
Baile Municipal de Bezerros vende ingressos para show de Araketu
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Programa da Rede TV supera Globonews e TV Cultura em premiação


    Programa da Rede TV supera Globonews e TV Cultura em premiação
    Foto: Divulgação/Rede TV

    Atração dedicada a levar ao ar ações em prol de um país melhor, o 'Good News' foi eleito o grande vencedor da categoria televisão do 'Prêmio de Reportagem SOS Mata Atlântica' 2014. Na final da edição deste ano, o programa semanal da Rede TV superou matérias produzidas por Globonews e TV Cultura de São Paulo.

    Comandada pela jornalista Silvia Martinez, editora-chefe e diretora do projeto 'Good News', a reportagem “Um futuro de esperança: o trabalho de resgate de espécies raras da Mata Atlântica” levou a melhor frente aos trabalhos “Viveiro de Mudas”, de André Trigueiro (Globonews), e “10 anos do Programa de RPPNs”, de Mariene Pádua ('Repórter Eco', TV Cultura).

    Durante a cerimônia da entrega da premiação, realizada na noite de quinta-feira, 14, Silvia comemorou e garantiu: a vitória é de toda a emissora. “Ganhar um prêmio com esta marca, é uma honra. Estou muito emocionada. O 'Good News' é trabalho em equipe, um programa novo no seguimento e que tem como criador e idealizador o sr. Amilcare (Dallevo), presidente da Rede TV. Uma vitória para o meio ambiente, uma vitória para a Rede TV”.

    A premiada reportagem do 'Good News' acompanhou o trabalho de biólogos e técnicos em uma ação de resgate de espécies de plantas e animais encontrados na região de Mata Atlântica onde está sendo construída trecho da rodovia conhecida como Rodoanel, na região metropolitana de São Paulo. A matéria foi ao ar, originalmente, em novembro do ano passado.

    Outros vencedores: Idealizada pela parceria das ONGs Conservação Internacional e a SOS Mata Atlântica, a premiação conta com outras duas categorias. Em jornal, a edição 2014 teve “Projeto para reabrir estrada em parque provoca polêmica” (Daniela Chiaretti, Valor Econômico) no primeiro lugar. “Rãs, sapos e pererecas sobrevivem à metrópole” (Giovana Girardi, Estadão) e “Verdes Feitos” (Katia Brembatti, Gazeta do Povo) foram, respectivamente, 2º e 3º.

    Na categoria revista, domínio de reportagens publicadas por títulos vinculados em uma instituição de ensino e a uma fundação. A revista mantida pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) conquistou o primeiro e o segundo lugar, com “Os círculos do tempo” (Carlos Fioravanti, 1º) e “Voo direto” (Maria Guimarães, 2º). “Tesouro enterrado” (André Gomes Julião, Revista Unesp Ciência) completou o pódio.

    Fonte: Portal Comunique-se



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia